Etapa do MS esquenta disputa da Elite MX no Brasileiro de Motocross
Jetro Salazar, da equipe Honda Racing, segue na vice-liderança da categoria que reúne a MX1 e MX2, com o mesmo número de pontos do primeiro colocado
Publicada em 2/6/2019.

Três Lagoas (MS) - A disputa da categoria Elite MX, que reúne os principais pilotos da MX1 e MX2 no Campeonato Brasileiro de Motocross, ficou mais acirrada após a terceira etapa, finalizada neste domingo (2/6), em Três Lagoas (MS). Jetro Salazar, da equipe Honda Racing, mantém a vice-liderança da classe, com 42 pontos, os mesmos que primeiro o colocado, Carlos Campano.

Na prova da MX1, o equatoriano começou bem, mas sofreu uma queda e concluiu a bateria na terceira colocação - assim como na corrida da Elite MX. “Foi uma etapa difícil, com muito calor, mas mesmo com tudo o que aconteceu consegui pontos importantes para o campeonato. Nada está perdido e vamos trabalhar forte para um resultado melhor na próxima etapa”, destaca Salazar. Ele acelera a motocicleta Honda CRF 450R.

Hector Assunção também teve dificuldades e agora ocupa a terceira posição na classificação da Elite MX e o quarto lugar na tabela da MX1. “Confesso que foi uma prova muito desafiadora. Sofri muito com o calor e com a areia. Foi mais um aprendizado e agora vamos focar na próxima para recuperar esses pontos perdidos”, conta o paulista.

Na MX2, Leonardo Souza terminou a bateria exclusiva para motos 250cc na terceira colocação. Ele ocupa a mesma posição na classificação da categoria. “Estamos acostumados com o frio e o calor de hoje estava muito intenso. Apesar de não ter feito uma boa largada na primeira corrida, consegui me recuperar. Na segunda prova também acelerei tudo para me manter forte até o final”, explica o catarinense, que utiliza a Honda CRF 250R.

Reginaldo Ribeiro, o Juninho, da equipe satélite Circuit Honda, foi ao pódio ao fechar a prova na quarta colocação da MX2. Matheus Klysman finalizou a etapa na oitava posição. Lucas Dunka estava na terceira colocação da corrida da MX2 quando sofreu uma queda, sentiu dores e deixou a bateria.

A próxima etapa da competição será nos dias 22 e 23 de junho, em Fama (MG). A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada pela Circuit, Apinestars, DID, Seguros Honda e Óleo Genuíno Honda.

Classificação do campeonato após três etapas

Elite MX

1 - Carlos Campano #1 - 42 pontos
2 - Jetro Salazar #20 - Honda CRF 450R - 42 pontos
3 - Hector Assunção #30 - Honda CRF 450R - 41 pontos

4 - Paulo Alberto #211 - 40 pontos
5 - Fábio Santos #01 - 34 pontos

MX1
1 - Carlos Campano #1 - 92 pontos
2 - Jetro Salazar #20 - Honda CRF 450R - 82 pontos
3 - Paulo Alberto #211 - 81 pontos
4 - Hector Assunção #30 - Honda CRF 450R - 81 pontos
5 - Jean Ramos #10 - 68 pontos

MX2
1 - Fábio Santos #1 - 97 pontos
2 - Frederico Spagnol #61 - 89 pontos
3 - Leonardo Souza #45 - Honda CRF 250R - 80 pontos
4 - Reginaldo Ribeiro #416 - Honda CRF 250R (Circuit Honda) - 58 pontos

5 - Leonardo Cassarotti #25 - 55 pontos

Resultados - 3ª etapa do Brasileiro de Motocross - Três Lagoas (MS)

Bateria Elite MX

1 - Paulo Alberto #211
2 - Carlos Campano #1
3 - Jetro Salazar #20 - Honda CRF 450R
4 - Fábio Santos #01
5 - Hector Assunção #30 - Honda CRF 450R

Soma MX1

1 - Paulo Alberto #211
2 - Carlos Campano #1
3 - Jetro Salazar #20 - Honda CRF 450R
4 - Hector Assunção #30 - Honda CRF 450R

5 - Jean Ramos #10

Bateria MX1
1 - Carlos Campano #1
2 - Paulo Alberto #211
3 - Jetro Salazar #20 - Honda CRF 450R
4 - Jean Ramos #10
5 - Hector Assunção #30 - Honda CRF 450R

Soma MX2

1 - Fábio Santos #1
2 - Frederico Spagnol #61
3 - Leonardo Souza #45 - Honda CRF 250R
4 - Reginaldo Ribeiro #416 - Honda CRF 250R (Circuit Honda)

5 - João Vitor Xavier #841

Bateria MX2
1 - Fábio Santos #1
2 - Frederico Spagnol #61
3 - Leonardo Souza #45 - Honda CRF 250R
4 - Reginaldo Ribeiro #416 - Honda CRF 250R (Circuit Honda)

5 - Leonardo Limberger #18


Bruno Crivilin, da Honda Racing, na quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019, em Aracruz (ES)
Crédito: Idário Café/Mundo Press

Bruno Crivilin, da Honda Racing, na quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019, em Aracruz (ES)
Crédito: Idário Café/Mundo Press