Capixaba vence 3ª etapa e se aproxima dos líderes no Brasileiro de Enduro FIM
Bruno Crivilin domina o final de semana em Campos do Jordão (SP) e conquista a vitória nos dois dias de prova nas categorias E1 e Enduro GP; Francês Romain Dumontier continua na liderança do campeonato
Publicada em 27/5/2019.

Campos do Jordão (SP) – O capixaba Bruno Crivilin (equipe Honda Racing) foi o destaque na terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM. Realizada na cidade paulista de Campos do Jordão, neste final de semana (25 e 26), a prova passou por pontos históricos do motociclismo e teve o relevo e as baixas temperaturas como maiores dificuldades para os pilotos. Além da icônica pista de Motocross “Sobre as Nuvens”, os pilotos percorreram durante o deslocamento parte do Caminho da Fé, que atravessa a Serra da Mantiqueira por estradas vicinais e trilhas e vai até a cidade de Aparecida do Norte.

Crivilin levou a melhor no duelo com Romain Dumontier (equipe Yamaha O2BH Racing) na Enduro GP, categoria que reúne os mais rápidos do campeonato. O francês ficou em segundo lugar nos dois dias de prova, além de vencer a classe E2, e continua na liderança da classificação. Os pilotos cumpriram três voltas por dia em um circuito de 45 quilômetros, incluindo três especiais cronometradas, e o capixaba ainda comemorou vitória na classe E1.

“Foi um final de semana muito bom em Campos do Jordão. A prova foi bem técnica, com terreno escorregadio em alguns pontos e com bastante tração em outros. No sábado, andei forte, mas tranquilo, e venci minha categoria e a Enduro GP. No domingo, os pilotos entraram mais forte e foi um dia mais pegado. As especiais ficaram mais esburacadas e ainda mais técnicas, mas ainda assim ninguém diminuiu o ritmo. Foi um dia bem disputado”, relatou Crivilin. Ele é o atual campeão brasileiro da Enduro GP e da E1.

“Fico feliz em voltar a vencer a Enduro GP, depois da lesão é minha primeira vitória. Agora tenho que intensificar os treinamentos, a próxima etapa é daqui a duas semanas na minha cidade, Aracruz (ES). Estou bem ansioso, quero voltar a vencer para levar a Honda ao degrau mais alto do pódio mais uma vez”, concluiu Crivilin, que subiu para o quarto lugar na classificação da Enduro GP (vale lembrar que o piloto estava lesionado e não completou a primeira prova do calendário).

Quem também tem motivos para comemorar é o mineiro Rômulo Bottrel (Yamaha O2BH Racing). Segundo colocado nos dois dias de competição, na E1, o piloto assume a liderança da categoria. “Estou evoluindo no decorrer do campeonato e ainda mais otimista para as próximas etapas. Depois de duas provas difíceis, com muita chuva, competimos em terreno seco - apesar de alguns trechos escorregadios - e me senti melhor”, explicou o novo líder.

Segundo colocado na Enduro GP, Dumontier venceu os dois dias na categoria E2 e ampliou para 12 pontos a vantagem na liderança da classe. O piloto francês também é o destaque da Enduro GP, com 18 pontos a mais que o segundo colocado. “Fiz uma corrida pensando no campeonato e consegui ampliar a vantagem na Enduro GP e na minha categoria. O importante é que após três etapas disputadas estamos na liderança do campeonato. Temos duas semanas até a próxima rodada, fico esse tempo no Brasil e posso me preparar ainda mais”, contou Dumontier.

A categoria E3 teve a vitória do paulista Vinicius Calafati, atual campeão brasileiro na categoria E2. Calafati levou a melhor nos dois dias de prova e ainda conquistou a terceira colocação na Enduro GP, na soma dos dois dias. “Gostei da prova, acho que foi bem montada e a melhor etapa do calendário até agora. As disputas estavam bem acirradas, então tive que forçar, ao mesmo tempo em que procurei não errar”, disse Calafati.

Na Categoria EJ, o líder Patrik Capila, da Yamaha O2BH Racing, venceu os dois dias e anotou mais 50 pontos no campeonato. “Foi uma prova muito boa, com um Cross Teste em uma pista de motocross e dois Enduros Testes em trilhas mais travadas. Tive um pouco de dificuldade no sábado, mas consegui a vitória na categoria. No domingo, imprimi um ritmo melhor durante a prova e garanti mais uma vitória na EJ e a quinta colocação na Enduro GP. Deixo Campos do Jordão bem feliz, consegui ampliar a vantagem na categoria EJ e agora a próxima prova é no Espírito Santo, bem perto da minha cidade”, comemorou. Ele abriu 23 pontos de vantagem na liderança da categoria EJ.

As disputas desta terceira etapa ainda levaram ao degrau mais alto do pódio os pilotos Anderson da Luz (categoria E4 Pró - MXF Team), Nielsen Bueno (E35 - Equipe Power Husky), Cassiano Tebaldi (cat. E40 - Equipe Power Husky), Frederico Garcia (E45 – Q4 Enduro Team), José Antônio Cadima (E50), Fávio Volpi (E4 230 – DNA Racing/ Moto Litoral) e Juliano Wilgen (EAmador).

A quarta etapa da competição está marcada para os dias 8 e 9 de junho em Aracruz (ES). O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019 é patrocinado por Yamaha, Honda e IMS e tem apoio de MXF, Parts 57, Fotop, Motul, Jeri Adventure Ride, Husqvarna, Power Husky, BMP, Airoh, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, BMS Racing, KTM Sacramento, Race Tech, Motorex, Sig Visual e Borilli.

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM
3ª etapa - Campos do Jordão (SP)

Resultados
Categoria Enduro GP
1 - Bruno Crivilin - 50 pontos
2 - Romain Dumontier - 44 pontos
3 - Vinicius Calafati - 38 pontos

Categoria E1
1 - Bruno Crivilin - 50 pontos
2 - Rômulo Bottrel - 44 pontos
3 - Júlio Ferreira - 36 pontos

Categoria E2
1 - Romain Dumontier - 50 pontos
2 - Gabriel Soares - 44 pontos
3 - Diego Colett - 40 pontos

Categoria E3
1 - Vinicius Calafati - 50 pontos
2 - Gustavo Pellin - 44 pontos
3 - Crispy Arriegada - 40 pontos

Categoria EJ
1 - Patrik Capila - 50 pontos
2 - Willian Lauers Tanaka - 44 pontos
3 - Washington Murillo - 40 pontos

Categoria E4 Pró 
1 - Anderson da Luz - 50 pontos
2 - Vitor Borges - 44 pontos
3 - Paulo Júnior - 40 pontos

Categoria E35
1 - Nielsen Bueno - 50 pontos
2 - André Urso - 44 pontos
3 - Willian Almeida - 38 pontos

Categoria E40
1 - Cassiano Tebaldi - 50 pontos
2 - Erasmo Klering - 44 pontos
3 - Adriano de Ávila - 38 pontos

Categoria E45
1 - Frederico Garcia - 50 pontos
2 - Fábio Bizarria - 44 pontos
3 - Leonardo Lima - 40 pontos

Categoria E50
1 - José Antônio Cadima - 50 pontos
2 - Washington da Silva - 42 pontos
3 - Daniel dos Reis - 40 pontos

Categoria E4 230 
1 - Flávio Volpi - 50 pontos
2 - Fernando Pereira - 44 pontos
3 - Agenor Varela - 40 pontos

Categoria EA
1 - Vinicius Aguilar - 45 pontos
2 - Jonas Sawan - 44 pontos
3 - Lucas Lames Santos - 38 pontos

Classificação do Campeonato Brasileiro após três provas

Categoria Enduro GP
1 - Romain Dumontier - 131 pontos
2 - Gustavo Pellin - 113 pontos
3 - Gabriel Soares - 112 pontos

Categoria E1
1 - Rômulo Bottrel - 127 pontos
2 - Júlio Ferreira - 123 pontos
3 - Loandro Anton - 114 pontos

Categoria E2
1 - Romain Dumontier - 147 pontos
2 - Gabriel Soares - 135 pontos
3 - Diego Colett - 120 pontos

Categoria E3
1 - Gustavo Pellin - 144 pontos
2 - Vinicius Calafati - 128 pontos
3 - Crispy Arriegada - 122 pontos

Categoria EJ
1 - Patrik Capila - 147 pontos
2 - Washington Murillo - 124 pontos
3 - Willian Lauers - 111 pontos

Categoria E4 Pró 
1 - Anderson da Luz - 97 pontos
2 - Vitor Borges - 84pontos
3 - Judi Brescansin - 47 pontos

Categoria E35
1 - Nielsen Bueno - 150 pontos
2 - André Urso - 118 pontos
3 - Tiago Bellaver - 81 pontos

Categoria E40
1 - Cassiano Tebaldi - 132 pontos
2 - Erasmo Klering - 129 pontos
3 - Fernando Mauri Splinder - 112 pontos

Categoria E45
1 - Frederico Garcia – 138 pontos
2 - Fábio Bizarria - 125 pontos
3 - Maurício Fernandes - 122 pontos

Categoria E50
1 - José Antônio Cadima - 130 pontos
2 - Daniel dos Reis - 117 pontos
3 - Washington da Silva - 112 pontos

Categoria E4 230 
1 - Fernando Pereira - 141 pontos
2 - Flávio Volpi - 139 pontos
3 - Agenor Varela - 126 pontos

Categoria EA
1 - Juliano Wilgen - 97 pontos
2 - Felipe Schwantz - 82 pontos
3 - Roberto Theodoro - 62 pontos

EFeminina 
1 - Bárbara Neves - 50 pontos
2 - Tainá Aguiar - 42 pontos
3 - Beatriz Miozzo - 22 pontos

Categoria Youth
1 - Leonardo Kauffmann - 50 pontos
2 - Vinicius aguilar - 42 pontos
3 - Bruno Massa - 37 pontos


Bruno Crivilin na quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019, em Aracruz (ES)
Crédito: Rogério Leite

Bruno Crivilin na quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019, em Aracruz (ES)
Crédito: Rogério Leite