Rally Dakar - Ricky Brabec assume a liderança das motos com a Honda CRF450 RALLY
Na primeira parte da etapa Maratona, um resultado excepcional para o Monster Energy Honda Team, com o norte-americano Brabec, vencedor da etapa, pulando do sétimo para o primeiro lugar na classificação geral das motos
Publicada em 11/1/2019.

Na primeira parte da etapa Maratona do Rally Dakar 2019, realizada entre Arequipa e Moquegua nesta quinta-feira (10), os 124 pilotos que largaram tiveram que madrugar pois do acampamento até a largada da primeira parte trecho cronometrado houve um trecho de deslocamento de 85 km. Dali em diante, 205 km de frio úmido na parte mais montanhosa, onde Ricky Brabec acelerou forte e registrou o melhor tempo. Na sequência, mais 54 km de deslocamento levaram até a largada da segunda parte do trecho cronometrado, de 146 km, que foi anda melhor para o norte-americano, vencedor com uma margem de mais de seis minutos sobre o segundo colocado e nada menos que vinte minutos sobre o líder do Dakar até então, Pablo Quintanilla. Trata-se da segunda vitória de Brabec em um Dakar, que havia vencido em 2017 a etapa entre La Paz e Uyni, e que assim chega pela primeira vez à ponta da classificação geral.

Paulo Gonçalves seguiu melhorando seu rendimento neste Dakar 2019. Tendo sido operado há um mês (baço), cada etapa concluída é uma prova de superação para o piloto português, que alcançou a oitava colocação na classificação geral. Kevin Benavides retrocedeu da segunda para a sexta colocação na geral depois de ter problemas de navegação, mas está confiante na possibilidade de recuperação. Este é o mesmo pensamento de Nacho Cornejo, que ocupa a 15ª colocação geral.

No acampamento de Moquegua os pilotos não poderão contar com a assistência de seus mecânicos, que os esperam em Arequipa, onde se dará o final da etapa desta sexta-feira: serão 778 km totais, dos quais 345 km serão em trecho cronometrado.

Ricky Brabec (1º lugar na quarta etapa / 1º lugar na classificação geral das motos)
“Uau! Eu precisava de uma vitória assim! Decidi forçar o ritmo pois conforme nosso planejamento vencer esta etapa poderia me ajudar na segunda parte da Maratona, quando a largada será como no motocross, todos juntos. É uma alegria vencer uma especial com uma margem tão boa e estar na frente do Dakar.”

Paulo Gonçalves (6º lugar na quarta etapa / 8º lugar na classificação geral das motos)
“Estou contente por ter conseguido cumprir quatro etapas, 40% da competição, e chegado ao final desta etapa fisicamente bem e em uma boa posição. Forcei o ritmo até o abastecimento. Depois, na região das pedras e do rio fui com mais cuidado. Cada dia que passa me sinto melhor e agora resta lutar para melhorar ainda mais nos dias que restam.”

Kevin Benavides (9º lugar na quarta etapa / 6º lugar na classificação geral das motos) 
“A quarta etapa foi importante, na qual o terreno mudou constantemente, do piso duro com muitas pedras para a areia e fesh-fesh. Estava indo bem, mas acabei perdendo tempo procurando um waypoint. Estava difícil ultrapassar por conta da poeira e assim preferi cuidar do físico e da moto para poder forçar na próxima etapa.”

José Ignacio Cornejo (8º lugar na quarta etapa / 15º lugar na classificação geral das motos) 
“Foi uma etapa longa e rápida, minha moto foi bem e eu também, que é o mais importante em uma etapa Maratona. Perdi muito tempo na terceira etapa, mas recuperei algo na quarta etapa e espero seguir assim nos dias que restam.”

Raul Castells – MONSTER ENERGY HONDA TEAM MANAGER
“Estamos felizes pelo resultado de Ricky, que está mostrando seu verdadeiro potencial neste Dakar. Todos os nossos pilotos chegaram a Moquegua e estão bem. Kevin, Paulo e Nacho fizeram uma etapa consistente e esperamos que na próxima etapa cheguem a Arequipa sem problemas para poder seguir em frente.”

DAKAR 2019
10 de janeiro de 2019 – quinta-feira
4º ETAPA - Resultado


1 - BRABEC Ricky - #15 - EUA - Monster Energy Honda Team - Honda - 03h40”30
2 - WALKNER Mathias - #1 - AUT - Red Bull KTM Rally Factory Team - KTM - +06’19
3 - PRICE Toby - #3 - AUS - Red Bull KTM Rally Factory Team - KTM - +07'07
4 - SUNDERLAND Sam - #14 - GBR - Red Bull KTM Rally Factory Team - KTM - +11'35
5 - VAN BEVEREN Adrien - #4 - FRA - Yamalube Yamaha Official Rally Team - Yamaha - +13'29
6 - GONCALVES PAULO - #2 - POR - Monster Energy Honda Team - Honda - +13'36
7 - SVITKO Stefan - #11 - SLO - Slovnaft Team - KTM - +14'10
8 - CORNEJO José - #10 - CHI - Monster Energy Honda Team - Honda - +14'33
9 - BENAVIDES Kevin - #47 - ARG - Monster Energy Honda Team - Honda - +15'20
10 - SANTOLINO Lorenzo - #63 - ESP - Sherco TVS Rally Factory - Sherco - +17'02

DAKAR 2019
10 de janeiro de 2019 – quinta-feira
CLASSIFICAÇÃO GERAL APÓS A 4ª ETAPA


1 - BRABEC Ricky - #15 - EUA - Monster Energy Honda Team - Honda - 12h33”00
2 - QUINTANILLA Pablo - #6 - CHI - Rockstar Energy Husqvarna Factory - Husqvarna - +02’19
3 - PRICE Toby - 3 - #AUS - Red Bull KTM Rally Factory Team - KTM - +04'22
4 - SUNDERLAND Sam - #14 - GBR - Red Bull KTM Rally Factory Team - KTM - +05'45
5 - VAN BEVEREN Adrien - 4 - #FRA - Yamalube Yamaha Official Rally Team - Yamaha - +08'56
6 - BENAVIDES Kevin - #47 - ARG - Monster Energy Honda Team - Honda - +09'01
7 - WALKNER Mathias - #1 - AUT - Red Bull KTM Rally Factory Team - KTM - +09'31
8 - GONCALVES Paulo - #2 - POR - Monster Energy Honda Team - Honda - +20'11
9 - DE SOULTRAIT Xavier - #18 - FRA - Yamalube Yamaha Official Rally Team - Yamaha - +22'00
10 - SVITKO Stefan - #11 - SLO - Slovnaft Team - KTM - +28'09
15 - CORNEJO José - #10 - CHI - Monster Energy Honda Team - Honda - +56'20.

 


Pedro Sampaio, piloto de motovelocidade da equipe Honda Racing no SuperBike Brasil
Crédito: Ricardo Santos/Mundo Press

Pedro Sampaio, piloto de motovelocidade da equipe Honda Racing no SuperBike Brasil
Crédito: Ricardo Santos/Mundo Press