Rally Dakar - Brasileiros mantêm a liderança entre os UTVs
Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin chegam em segundo lugar na segunda etapa da competição, disputada no Peru, com o UTV Can-Am Maverick X3; Dupla é a atual campeã da categoria
Publicada em 8/1/2019.

San Juan de Marcona (Peru) - A dupla brasileira Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, da equipe Monster Energy/Can-Am, manteve a liderança entre os UTVs do Rally Dakar após a segunda etapa da prova, realizada nesta terça-feira (8) entre as cidades de Pisco e San Juan de Marcona, no Peru. Atuais campeões da categoria, eles terminaram a jornada 19 segundos atrás dos chilenos Francisco Contardo e Álvaro Quintanilla, garantindo uma vantagem de 1min18seg sobre os adversários, que ocupam a vice-liderança na classificação geral - ambas as duplas aceleram o UTV Can-Am Maverick X3. Os resultados são extraoficiais.

Após etapa inaugural tranquila, Varela e Gugelmin enfrentaram alguns contratempos no percurso do dia, entre eles um pneu furado, o qual foi logo reparado. A segunda etapa contou com 553 quilômetros (342 de trechos cronometrados). “Havia um salto grande que causou o pneu furado, mas depois de corrigirmos o problema fomos embora tranquilos. O Can-Am Maverick X3 está perfeito, chegou inteiro”, disse Reinaldo Varela. “Conseguimos nos recuperar e o saldo final foi muito bom”, comemorou o piloto paulista, celebrando a manutenção da liderança geral entre os UTVs na prova.

Para Gustavo Gugelmin, o “sprint” final dos brasileiros fez com que a dupla chilena Francisco Contardo e Álvaro Quintanilla terminasse a disputa com a pequena margem de 19 segundos frente a eles. “A navegação foi mais difícil hoje, mas fizemos uma reta final excelente e perdemos pouco tempo para os chilenos. No fim, conseguimos manter a liderança, que é o mais importante”, disse o catarinense.

Assim como na etapa inaugural, nove dos dez primeiros colocados pilotaram o Can-Am Maverick X3, incluindo os seis primeiros que cruzaram a linha de chegada em San Juan de Marcona. Após o sétimo posto na etapa de estreia, a dupla brasileira Marcos Baumgart e Kleber Cincea, também a bordo do UTV da marca canadense, alcançou nesta terça-feira um resultado ainda melhor, o quinto lugar.

Nesta quarta-feira (9), os competidores partem para Arequipa, em uma longa jornada que terá 798 quilômetros a serem percorridos. O trecho especial (cronometrado) soma 331 km. Além de UTVs, a competição, que neste ano será disputada integralmente em território peruano, possui categorias para motos, carros, quadriciclos e caminhões. Após 10 etapas e 5.600 quilômetros percorridos (sendo 3.096 de especiais), os pilotos encerrarão a disputa na capital peruana Lima no dia 17 de janeiro.

Rally Dakar 2019 - Categoria UTVs (SxS)

Resultados da 2ª etapa (extraoficiais)

1 - #360 - Francisco Contardo / Álvaro Quintanilla (CHI) - 4:09:47 - Can-Am Maverick X3
2 - #340 - Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) - 4:10:06 - Can-Am Maverick X3
3 - #344 - Sergei Kariakin (RUS) / Anton Vlasiuk (LET) - 4:11:38 - Can-Am Maverick X3
4 - #358 - Farres Guel / Daniel Carreras (ESP) - 4:14:09 - Can-Am Maverick X3
5 - #412 - Marcos Baumgart / Kleber Cincea (BRA) - 4:16:04 - Can-Am Maverick X3
6 - #421 - Rodrigo Piazzoli / Jorge Diaz (CHI) - 4:16:42 - Can-Am Maverick X3
7 - #361 - Ignácio Casale / Americo Aliaga (CHI) - 4:19:24
8 - #366 - Hernán Garces / Juan Pablo Latrach (CHI) - 4:21:31 - Can-Am Maverick X3
9 - #378 - Ricardo Porém / Jorge Monteiro (POR) - 4:27:00 - Can-Am Maverick X3
10 - #372 - Miguel Jordão (POR) / Lourival Roldan Justo (BRA) - 4:28:09 - Can-Am Maverick X3

Classificação acumulada após duas etapas (extraoficial)

1 - #340 - Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) - 5:21:19 - Can-Am Maverick X3
2 - #360 - Francisco Contardo / Álvaro Quintanilla (CHI) - 5:22:27 - Can-Am Maverick X3
3 - #344 - Sergei Kariakin (RUS) / Anton Vlasiuk (LET) - 5:27:54 - Can-Am Maverick X3
4 - #358 - Farres Guel / Daniel Carreras (ESP) - 5:27:54 - Can-Am Maverick X3
5 - #421 - Rodrigo Piazzoli / Jorge Diaz (CHI) - 5:31:39 - Can-Am Maverick X3
6 - #412 - Marcos Baumgart / Kleber Cincea (BRA) - 5:32:12 - Can-Am Maverick X3
7 - #361 - Ignácio Casale / Americo Aliaga (CHI) - 5:34:16
8 - #366 - Hernán Garces / Juan Pablo Latrach (CHI) - 5:41:21 - Can-Am Maverick X3
9 - #378 - Ricardo Porém / Jorge Monteiro (POR) - 5:45:49 - Can-Am Maverick X3
10 - #372 - Miguel Jordão (POR) / Lourival Roldan Justo (BRA) - 5:46:21 - Can-Am Maverick X3

Roteiro do Rally Dakar 2019:


3ª etapa - Quarta-feira (9/1)

San Juan de Marcona/Arequipa
Quilometragem total - 798 km
Trecho especial (cronometrado) - 331 km

4ª etapa - Quinta-feira (10/1)

Arequipa/Tacna (1º TRECHO DA ETAPA MARATONA)
Quilometragem total - 664 km
Trecho Especial (cronometrado) - 405 km

5ª etapa - Sexta-feira (11/1)

Tacna/Arequipa (2º TRECHO DA ETAPA MARATONA)
Quilometragem total - 714 km
Trecho especial (Cronometrado) - 517 km

Descanso - Sábado (12/1)

Arequipa

6ª etapa - Domingo (13/1)

Arequipa/San Juan de Marcona
Quilometragem total - 810 km
Trecho Especial (Cronometrado) - 309 km

7ª etapa - Segunda-feira (14/1)

San Juan de Marcona/San Juan de Marcona
Quilometragem total - 387 km
Trecho especial (cronometrado) - 323 km

8ª etapa - Terça-feira (15/1)

San Juan de Marcona/Pisco
Quilometragem total - 575 km
Trecho especial (cronometrado) - 360 km

9ª etapa - Quarta-feira (16/1)

Pisco/Pisco
Quilometragem total - 409 km
Trecho especial (cronometrado) - 313 km

10ª etapa - Quinta-feira (17/1)

Pisco/Lima
Quilometragem total - 359 km
Trecho especial (cronometrado) -112 km

TOTAL DA PROVA: 5.600 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 3.096 km.

Sobre a BRP -
A BRP (TSX: DOO) é líder global em design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos de propulsão e sistemas de propulsão. O seu portfólio inclui motos de neve Ski-Doo e Lynx, embarcações Sea-Doo, veículos Can-Am off-road e Spyder, sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP suporta sua linha de produtos com um negócio de peças, acessóios e roupas dedicados. Com vendas anuais de CA $ 4,2 bilhões em mais de 100 países, a BRP emprega aproximadamente 8 700 pessoas em todo o mundo.

www.brp.com
@BRPnews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder e o logotipo da BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são propriedade de seus respectivos proprietários.


Barra Summer Jet, apoiado pela concessionária BRP Vitta Náutica, é sucesso nas águas da Bahia
Crédito: Divulgação/Vitta Náutica

Barra Summer Jet, apoiado pela concessionária BRP Vitta Náutica, é sucesso nas águas da Bahia
Crédito: Divulgação/Vitta Náutica