Can-Am fatura principais títulos da categoria para UTVs em 2018
Além do Rally Dakar e do Rally Merzouga, conquistas do Rally dos Sertões e dos campeonatos brasileiros de Rally Cross Country e de Rally Baja se deram com pilotos a bordo dos UTVs Can-Am Maverick X3
Publicada em 21/12/2018.

São Paulo (SP) - A temporada 2018 será inesquecível para os pilotos brasileiros que disputam as principais competições off-road a bordo dos UTVs Can-Am Maverick X3. O Rally Dakar, o mais importante do calendário, e o Rally Merzouga, chamado de “mini Dakar” em razão do alto nível técnico, estão entre as conquistas na categoria específica para os UTVs, chamada de SXS nos eventos internacionais.

O Can-Am Maverick X3 também foi o modelo vencedor dos Campeonatos Brasileiros de Rally Baja e de Rally Cross Country, bem como do Rally dos Sertões e de diversos desafios off-road ao redor do planeta. Veja mais detalhes sobre as conquistas da Can-Am na temporada 2018:

Rally Dakar

O ano de 2018 começou com o grande feito da dupla formada pelo piloto paulista Reinaldo Varela e pelo navegador catarinense Gustavo Gugelmin no Rally Dakar. Em sua estreia no maior rali do mundo, o veículo Can-Am Maverick X3 foi o grande destaque entre os UTVs turbinados, que compuseram o grid da prova pela primeira vez.

Após cerca de oito mil quilômetros, 14 etapas e mais de 72 horas de disputas, a dupla brasileira venceu a categoria exclusiva para UTVs. O roteiro passou pelo Peru e pela Bolívia até chegar na Argentina, onde o título foi sacramentado no dia 20 de janeiro na cidade de Córdoba.

Vale lembrar que a dupla da equipe South Racing Can-Am/Divino Fogão venceu cinco etapas da prova, incluindo os dois dias de disputas em formato maratona, nos quais os competidores rodaram mais de mil quilômetros sem apoio mecânico externo.

Rally Merzouga

Em abril, outro integrante da conhecida “Família da Poeira”, o piloto paulista Bruno Varela, filho mais novo de Reinaldo, venceu o Rally Merzouga, no Marrocos. O responsável pela navegação foi Gustavo Gugelmin. A conquista representou o primeiro título do Brasil na prova, considerada um “mini Dakar”.

Foram 1159 quilômetros percorridos em cinco dias, sendo 908 km de especiais, nas areias do país norte-africano. Assim como no Rally Dakar, o Can-Am Maverick X3 passou ileso pela disputa, cujo percurso incluiu, além de enormes dunas, muitas pedras, lama e trechos de trial.

Rally dos Sertões

A principal prova do circuito off-road brasileiro, o Rally dos Sertões, também foi vencida por uma dupla a bordo do Can-Am Maverick X3. Em 25 de agosto, o piloto goiano Enrico Amarante e o navegador mineiro Bruno Rezende garantiram a taça dos UTVs, selando o sexto triunfo consecutivo da Can-Am na 26ª edição do mais tradicional rali do país.

O Can-Am Maverick X3 foi o grande destaque da categoria: todas as sete etapas, além do prólogo, foram vencidas pelo veículo. O modelo ainda foi o escolhido por nove pilotos do Top 10 da prova - incluindo os seis primeiros da tabela.

Brasileiro de Rally Cross Country

Vice-campeã dos UTVs no Rally dos Sertões, a dupla Deni Nascimento e Idali Bosse foi a grande vencedora do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. A bordo do Can-Am Maverick X3, os catarinenses venceram as duas primeiras provas da competição, o Rally RN 1500 e o Rally Jalapão 500, e também somaram importantes pontos nas etapas seguintes.

O modelo da Can-Am obteve 100% de aproveitamento nas provas que fizeram parte do certame na temporada 2018. Além dos triunfos no Rally RN 1500, no Rally Jalapão 500 no Rally dos Sertões, também foi o UTV utilizado pela dupla Gabriel Varela e Eduardo Shiga na conquista do Rally Caminhos da Neve.

Brasileiro de Rally Baja

O Can-Am Maverick X3 foi o UTV vencedor de todas as provas da categoria no Brasileiro de Rally Baja. O campeão Rodrigo Varela venceu quatro disputas (Rally Poeira, Rally Cuesta Off-Road, Rally de Inverno e Rally Serra Azul) e faturou o título antecipadamente, garantindo o quarto troféu seguido para a “Família da Poeira” na competição nacional.

O vice-campeão Bruno Varela e os pilotos Cristiano Batista e Maurício Pena Rocha triunfaram no Rally Rota SC, no Rally Rota Sudeste e no Rally dos Amigos, respectivamente, completando a lista de destaques do Brasileiro de Rally Baja.

Can-Am pelo mundo

O domínio da Can-Am em competições off-road em 2018 se deu em escala global. Além dos já citados títulos do Rally Dakar e Rally Merzouga, provas tradicionais como o Desafio Inca e o Best In The Desert (BITD) foram vencidas por pilotos que aceleraram UTVs da Can-Am.

No Desafio Inca, os vencedores foram Casey Currie e Laurent Lichtleuchter, dos Estados Unidos, competidores oficiais da equipe South Racing Can-Am. O Can-Am Maverick X3 foi a escolha dos seis competidores mais velozes entre os sete veículos que completaram a prova. Já a disputa do BITD teve como vencedor, pelo segundo ano seguido, o norte-americano Phil Blurton.

Competições regionais disputadas na Rússia, na Alemanha e na Austrália também consagraram pilotos que se valeram de veículos da Can-Am para garantir o primeiro lugar no pódio. Nos EUA, o tradicional Grand National Cross Country Series (GNCC) foi palco de conquistas para a marca canadense.

O multicampeão Can-Am Maverick X3, em 2018, também foi o veículo utilizado pelo norte-americano Kyle Chaney na disputa do Heartland Challenge, prova de resistência de quatro horas, realizada de dia e de noite, que mescla corridas de mata, obstáculos de curta distância e endurocross.

Sobre a BRP - A BRP (TSX: DOO) é líder global em design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos de propulsão e sistemas de propulsão. O seu portfólio inclui motos de neve Ski-Doo e Lynx, embarcações Sea-Doo, veículos Can-Am off-road e Spyder, sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP suporta sua linha de produtos com um negócio de peças, acessóios e roupas dedicados. Com vendas anuais de CA $ 4,2 bilhões em mais de 100 países, a BRP emprega aproximadamente 8 700 pessoas em todo o mundo.

www.brp.com
@BRPnews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder e o logotipo da BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são propriedade de seus respectivos proprietários.


Brasileiros Reinaldo Varela (à esquerda) e Gustavo Gugelmin na segunda etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country 2019, nos Emirados Írabes Unidos
Crédito: MCH Photography

Brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin na segunda etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country 2019, nos Emirados Írabes Unidos
Crédito: MCH Photography