Sea-Doo comemora 11 títulos mundiais de motos aquáticas no IJSBA World Finals 2018
Com o piloto Mohammed Burbayea, do Kuwait, modelo Sea-Doo RXP-X garante a taça da principal categoria pelo oitavo ano seguido
Publicada em 11/10/2018.

São Paulo (SP) – A Sea-Doo aumentou consideravelmente sua galeria de títulos mundiais para motos aquáticas na temporada 2018. Os pilotos da marca canadense comemoraram a conquista de 11 troféus no 37º IJSBA World Finals, realizado entre os dias 1º e 7 de outubro em Lake Havasu City, no Arizona, Estados Unidos.

O grande destaque foi a vitória pelo oitavo ano consecutivo com o modelo Sea-Doo RXP-X na categoria principal, a Pro Runabout GP. A moto aquática foi a mais rápida a cruzar a linha de chegada nas mãos do piloto Mohammed Burbayea, do Kuwait, agora bicampeão mundial da Pro Runabout GP.

O evento é promovido anualmente pela International Jet Sports Boating Association (IJSBA) e reuniu 362 competidores de 34 países. O modelo Sea-Doo RXP-X rendeu títulos em outras categorias. Waleed Alsharshani, do Catar, confirmou a sua primeira vitória na Pro Runabout Super Stock, enquanto o dinamarquês Marcus Jorgensen faturou as classes Pro Runabout Limited e Pro Runabout Slalom.

A Tailândia liderou as disputas das categorias direcionadas ao Sea-Doo Spark, modelo que apresenta a melhor relação entre custo e benefício do segmento. As classes são as que mais crescem e atraem novos competidores a cada ano.

Os vencedores foram Supak Settura (categoria Pro/Am Runabout 1100 Open), Permpon Teerapatpanich (Pro/Am Runabout 1100 Stock), Teerapat Meechai (Amador Runabout 1100 Super Stock) e Tossawanon Phuearphong (Amador Runabout 1100 Limited).

Yuki Francois, representante da Bélgica, foi campeã mundial pela categoria Womens Runabout 1100 Stock a bordo do Sea-Doo Spark. Na classe Novato Runabout Aspirado Stock, o paraguaio Eduardo Lopez conquistou a taça. Além dos títulos, os pilotos Sea-Doo asseguraram 47 lugares nos pódios das disputas do 37º IJSBA World Finals.

Campeões mundiais 2018 a bordo das motos aquáticas Sea-Doo:

Mohammed Burbayea - Kuwait (classe Pro Runabout GP)
Waleed Alsharshani - Catar (Pro Runabout Super Stock)
Marcus Jorgensen - Dinamarca (Pro Runabout Limited)
Marcus Jorgensen - Dinamarca (Pro Runabout Slalom)
Permpon Teerapatpanich - Tailândia (Pro/Am Runabout 1100 Stock)
Supak Settura - Tailândia (Pro/Am Runabout 1100 Open)
Yuki Francois - Bélgica (Womens Runabout 1100 Stock)
Teerapat Meechai - Tailândia (Amador Runabout 1100 Super Stock)
Tossawanon Phuearphong - Tailândia (Amador Runabout 1100 Limited)
Teerapat Meechai - Tailândia (Amador Runabout 1100 Stock)
Eduardo Lopez - Paraguai (Novato Runabout Aspirado Stock).

Sobre a BRP – A BRP (TSX: DOO) é líder global em design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos de propulsão e sistemas de propulsão. O seu portfólio inclui motos de neve Ski-Doo e Lynx, embarcações Sea-Doo, veículos Can-Am off-road e Spyder, sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP suporta sua linha de produtos com um negócio de peças, acessóios e roupas dedicados. Com vendas anuais de CA $ 4,2 bilhões em mais de 100 países, a BRP emprega aproximadamente 8 700 pessoas em todo o mundo.

www.brp.com
@BRPnews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder e o logotipo da BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são propriedade de seus respectivos proprietários.


Quadriciclo da Can-Am em operação na base brasileira localizada na Antártida
Crédito: Divulgação

Quadriciclo da Can-Am em operação na base brasileira localizada na Antártida
Crédito: Divulgação