Brasileiros competem de UTV no Desafio Inca, no Peru
Piloto Reinaldo Varela e navegador Gustavo Gugelmin, atuais campeões do Rally Dakar, garantem presença a bordo do Can-Am Maverick X3
Publicada em 13/9/2018.

Huacachina, Peru – O Desafio Inca, no Peru, reserva muitos desafios entre os dias 14 e 16 de setembro. Válida como a etapa final do Dakar Series, a prova reúne alguns dos principais competidores de rally cross country do mundo distribuídos em 33 carros e UTVs, 11 quadriciclos e 47 motocicletas. Além de um bom desempenho, a maioria busca cumprir preparação “de luxo” para o Rally Dakar 2019, marcado para janeiro com roteiro 100% em solo peruano.

Destaques dos UTVs a bordo do Can-Am Maverick X3, o mesmo utilizado na conquista do título da categoria no Rally Dakar 2018, o piloto paulista Reinaldo Varela e o navegador catarinense Gustavo Gugelmin estão confirmados nas disputas. O Brasil também será representado pelas duplas Cristian Baumgart/Beco Andreotti e Marcos Baumgart/Kleber Cincea, ambas com o UTV Can-Am Maverick X3.

O Desafio Inca promete testar homens e máquinas ao extremo, em terrenos repletos de surpresas e muita exigência na navegação. Em três dias de prova, os competidores irão percorrer 951 quilômetros, incluindo 525 de especiais (trechos cronometrados). O plano de fundo será o famoso Deserto de Ica, com direito a passagens estreitas, areia fofa e enorme variedade de dunas.

“O Desafio Inca será muito importante para nós, ainda mais porque servirá como um excelente treino para o Rally Dakar”, explicou Reinaldo Varela. “O objetivo é fazer uma boa prova e aproveitar ao máximo a oportunidade de competir em uma região que fará parte do roteiro do Dakar. Outra meta é analisar o ritmo dos nossos concorrentes na defesa do título dos UTVs em 2019”, acrescentou.

Com mais de 360 provas off-road no currículo, Varela está ciente das dificuldades que o aguardam. “Além do terreno desafiador, o Desafio Inca terá concorrentes de peso. O grid dos UTVs é muito forte”, concluiu Varela.

Programação (Horários de Brasília) - Desafio Inca 2018

Quinta-Feira - 13/9
Das 10h às 14h - Verificações técnicas e administrativas no Club Social de Ica
Das 19h às 21h - Largada promocional em Huacachina

Sexta-feira - 14/9
Das 9h às 20h - 1ª etapa no Deserto de Ica

Sábado - 15/9
Das 9h às 20h - 2ª etapa no Deserto de Ica

Domingo - 16/9
Das 9h às 16h - 3ª etapa no Deserto de Ica
Das 19h às 21h - Chegada e cerimônia de premiação em Huacachina.

Sobre a BRP – A BRP (TSX: DOO) é líder global em design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos de propulsão e sistemas de propulsão. O seu portfólio inclui motos de neve Ski-Doo e Lynx, embarcações Sea-Doo, veículos Can-Am off-road e Spyder, sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP suporta sua linha de produtos com um negócio de peças, acessóios e roupas dedicados. Com vendas anuais de CA $ 4,2 bilhões em mais de 100 países, a BRP emprega aproximadamente 8 700 pessoas em todo o mundo.

www.brp.com
@BRPnews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder e o logotipo da BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são propriedade de seus respectivos proprietários.


Campeão do Rally Dakar, Reinaldo Varela está confirmado no Rally Rota SC 2018
Crédito: Doni Castilho/DFotos/Mundo Press

Rodrigo Varela, líder dos UTVs no Brasileiro de Rally Baja 2018, está confirmado no Rally Rota SC
Crédito: Doni Castilho/DFotos/Mundo Press