Brasileiro de Motocross - Lucas Dunka vence a MX2 em Extrema (MG)
Piloto da equipe Honda Racing conquista primeira vitória da carreira na categoria; Disputas valeram pela 5ª etapa da competição nacional
Publicada em 5/8/2018.

Extrema (MG) – A quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2018 ficará para sempre na memória do piloto catarinense Lucas Dunka. Pela primeira vez na carreira, o jovem talento da equipe Honda Racing foi o mais rápido na soma das duas corridas da MX2 e subiu no lugar mais alto do pódio da categoria. As disputas, realizadas neste domingo (5), tiveram como palco o Parque Municipal de Extrema, em Minas Gerais.

Selecionado por meio do programa HTT (Honda Talent Test), Dunka comemorou muito a conquista. “É uma sensação inexplicável, que faz todo o trabalho duro dos últimos meses ter valido a pena”, disse. A vitória rendeu uma posição na classificação geral da MX2 - agora Dunka ocupa o terceiro lugar na briga pelo título. Ele acelera a motocicleta Honda CRF 250R.

“Aprendi o caminho até o alto do pódio, espero chegar lá muitas outras vezes”, acrescentou o piloto, com bom humor. O paranaense Leo Souza estreou oficialmente pela equipe Honda Racing e alcançou resultado consistente, o quarto lugar na soma das baterias da MX2.

Na MX1, o Jetro Salazar teve contratempos nas corridas. Mesmo assim, terminou a etapa em quarto lugar da categoria e em segundo na MX Elite (classe que reúne os mais rápidos da MX1 e da MX2). O equatoriano compete com a motocicleta CRF 450R.

“Estava indo muito bem e tinha tudo para dar certo, mas durante a primeira prova da MX1 sofri uma queda enquanto disputava posição com outro piloto e machuquei o braço direito. Senti muita dor na segunda bateria, que também valeu pela MX Elite, mas foi importante o esforço. Continuo na luta pelos títulos até o fim”, declarou o piloto.

Hector Assunção, companheiro de equipe do equatoriano, encerrou as disputas em sexto lugar na MX1 e na MX Elite.

Torcedores de peso - A torcida da equipe Honda Racing ganhou reforços de peso na quinta etapa. Os pilotos Jean Azevedo e Júlio Zavatti “Bissinho”, referências nas provas de Rally Cross Country, foram presenças ilustres do off-road nas arquibancadas de Extrema. A próxima etapa do Brasileiro de Motocross está marcada para os dias 15 e 16 de setembro em Morrinhos (GO).

A equipe Honda Racing de Motocross conta com o patrocínio de Honda, Alpinestars, Bell, D.I.D e Mobil.

Resultados - 5ª etapa do Brasileiro de Motocross

MX Elite
1 - Paulo Alberto
2 - Jetro Salazar - Honda CRF 450R
3 - Carlos Campano
4 - Jean Ramos
5 - Humberto Martins
6 - Hector Assunção - Honda CRF 450R

MX1
1 - Paulo Alberto
2 - Carlos Campano
3 - Jean Ramos
4 - Jetro Salazar - Honda CRF 450R
5 - Humberto Martins
6 - Hector Assunção - Honda CRF 450R

MX2
1 - Lucas Dunka - Honda CRF 250R
2 - Pepê Bueno
3 - João Pedro Pinho Ribeiro
4 - Leo Souza - Honda CRF 250R
5 - José Felipe Mombach

Classificação após cinco etapas

MX Elite
1 - Paulo Alberto - 93 pontos
2 - Jetro Salazar - 91 pontos - Honda CRF 450R
3 - Carlos Campano - 80 pontos
4 - Jean Carlo Ramos - 62 pontos
5 - Hector Assunção - 55 pontos - Honda CRF 450R

MX1
1 - Carlos Campano - 197 pontos
2 - Paulo Alberto - 192 pontos
3 - Jetro Salazar - Honda CRF 450R - 182 pontos 
4 - Jean Carlo Ramos - 154 pontos
5 - Hector Assunção - Honda CRF 450R - 150 pontos

MX2
1 - Pepê Bueno - 180 pontos
2 - Fábio dos Santos - 169 pontos
3 - Lucas Dunka - Honda CRF 250R - 163 pontos
4 - Gustavo Pessoa - 137 pontos
5 - João Pedro Pinho Ribeiro - 131 pontos
6 - Frederico Molina Spagnol - 112 pontos
9 - Leo Souza - Honda CRF 250R - 84 pontos


Júlio Ferreira, piloto de Enduro FIM da equipe Honda Racing
Crédito: Idário Café/Mundo Press

Gabriel Soares, o Tomate, piloto de Enduro FIM da equipe Honda Racing
Crédito: Idário Café/Mundo Press