Dário Júlio é tetracampeão brasileiro de Enduro de Regularidade
Piloto da equipe Honda Racing comemora título da categoria Over 40 com a motocicleta Honda CRF 230F; Tunico Maciel conquista terceiro lugar da Master
Publicada em 22/7/2018.

Viana (ES) – Após vencer todas as provas do calendário 2018 pela classe Over 40, o mineiro Dário Júlio Lopes comemorou o quarto título brasileiro de Enduro de Regularidade da carreira. O feito foi confirmado nas etapas finais da competição, realizadas neste fim de semana (21 e 22) na região de Viana (ES). O piloto da equipe Honda Racing garantiu a taça com a motocicleta CRF 230F, sendo que ele também havia sido campeão entre os anos de 2007 e 2009, só que pela classe Master.

“Estou muito feliz por voltar às disputas do Brasileiro de Enduro de Regularidade e já conseguir o título da Over 40”, declarou Dário Júlio. “Fiquei alguns anos fora do Brasileiro de Enduro de Regularidade para me dedicar ao rally, onde conquistei outros três títulos nacionais e atualmente sou chefe de equipe da Honda Racing. Por isso, é uma grande satisfação voltar ao Enduro de Regularidade, que é a modalidade onde eu comecei, e poder reviver o ambiente e as amizades que conquistei nesse esporte”, continuou.

O fato de ter vencido todas as provas do ano foi inédito em sua vitoriosa carreira. “Terminar o ano invicto nas provas me deixou ainda mais feliz, foi a primeira vez que consegui. A moto Honda CRF 230F é muito confiável e trouxe segurança para encarar qualquer etapa, independente do terreno e do grau de dificuldade”, acrescentou Dário Júlio.

A equipe vermelha ainda esteve no pódio com Tunico Maciel, terceiro colocado da Master. Para o mineiro, o alto nível das disputas valorizou ainda mais a performance. O campeão brasileiro da Master foi o capixaba Jomar Grecco, seguido por Emerson Loth “Bombadinho”, representante do Paraná.

“Este foi o primeiro ano que eu disputei todas as provas do Brasileiro de Enduro de Regularidade. Estou muito feliz de mostrar que sou competitivo e batalhar com as principais feras da modalidade. O balanço é muito positivo, foi um grande aprendizado e vou ganhar ainda mais experiência com o tempo”, concluiu Maciel.

A equipe Honda Racing de Enduro de Regularidade conta com o patrocínio da Honda, Michelin, D.I.D e Mobil.


Equipe Honda Racing na final do SuperBike Brasil 2018
Crédito: Ricardo Santos

Gabriel Soares, o Tomate, piloto da equipe Honda Racing de Enduro FIM, durante a sexta e última etapa da Copa EFX Brasil, em Mauá (SP)
Crédito: Renato Fernandes/Mundo Press