Brasileiro de Rally Cross Country vai à Serra Catarinense neste fim de semana
1º Rally Caminhos da Neve soma pontos para duas etapas do calendário nacional; entre as motos, equipe Honda Racing defende liderança nas principais categorias
Publicada em 26/6/2018.

São Paulo (SP) - Após o calor do Rio Grande do Norte e da região do Jalapão, no Tocantins, os pilotos da equipe Honda Racing estão prontos para acelerar em mais duas etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Desta vez, o desafio promete baixas temperaturas na Serra Catarinense, onde será disputado o 1º Rally Caminhos da Neve, neste fim de semana (30 de junho e 1º de julho), com base na cidade de Lages.

A prova é válida como oitava e nona etapas do campeonato nacional da modalidade. Serão 643 km de percurso, 404 km deles de especiais (trechos cronometrados), em um terreno com muita pedra e cascalho, piso duro e travessias de riachos. A possibilidade de chuva no primeiro dia de disputas pode ser um desafio a mais, já que o solo tende a ficar muito liso nessas condições. Além de Lages, que será palco da largada e da chegada do evento, os competidores passarão pela região da Coxilha Rica e pelas cidades de Capão Alto, São Joaquim, Urupema, Urubici e Painel.

Líder das principais categorias para motocicletas no Brasileiro de Rally Cross Country, a Honda Racing é destaque nas disputas em solo catarinense. Jean Azevedo é o primeiro colocado da classificação geral e da categoria Super Production, seguido pelo companheiro de equipe Gregorio Caselani. A dupla compete com a motocicleta Honda CRF 450RX, mesmo modelo pilotado por Tunico Maciel, líder da Production Aberta. Júlio “Bissinho” Zavatti, ponteiro da classe Rally Brasil, completa o time vermelho.

Para o paulista Jean Azevedo, além do frio, a possibilidade de encontrar piso molhado faz com que a prova apresente um desafio extra aos competidores. “Será uma prova com muito frio, o que não chega a ser um problema para mim. Mas lá é uma região que tem um piso batido, que quando está molhado fica muito liso e acaba ficando um pouco perigoso. Então, eu estou torcendo que esse ano não tenha chuva para a gente não precisar assumir esses riscos de andar em uma região que acaba virando uma loteria e não dá para administrar muito", explicou.

A proximidade do Rally dos Sertões, principal desafio da temporada e que distribui pontos para cinco etapas do Brasileiro, no final de agosto, também exige cautela. “Eu não posso arriscar muito em Santa Catarina, porque isso pode atrapalhar toda a preparação para o Sertões. O meu objetivo é marcar um bom número de pontos e fechar a prova sem nenhuma surpresa – de preferência, ainda na liderança do Brasileiro”, concluiu.

Na categoria Rally Brasil, para motocicletas nacionais, Júlio “Bissinho” Zavatti é líder disparado com a Honda CRF 230F. “Vamos correr em um clima totalmente diferente do que estou acostumado. Acho que essa vai ser a minha maior dificuldade. Nesses últimos dias, treinei bastante pela manhã, tentando pegar um pouco desse clima. Não é igual ao frio que a gente vai pegar em Santa Catarina, mas dá para tentar se acostumar. Apesar dessa questão do clima, eu estou muito confiante, vou buscar fazer um bom trabalho e tentar conseguir mais uma vitória”, concluiu o piloto paulista.

A equipe Honda Racing de Rally conta com o patrocínio da Honda, Michelin, Mobil, D.I.D correntes, Edgers, BRC, Race Tech e Alex Design.

Programação* do 1º Rally Caminhos da Neve

Sábado - 30 de junho - 1ª etapa
Lages (SC) / Lages (SC)
(Passagem por Capão Alto)
Percurso do dia: 353 km (232 km de especiais)

Domingo - 1º de julho - 2ª etapa
Lages (SC) / Lages (SC)
(Passagem por São Joaquim, Urupema, Urubici e Painel)
Percurso do dia: 290 km (172 km de especiais)
15h - Premiação no Lages Garden Shopping - BR-282, 1015 - Guarujá - Lages (SC)

TOTAL DA PROVA: 643 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 404 km

*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.


Gabriel Soares, o Tomate, piloto da equipe Honda Racing de Enduro FIM, durante a sexta e última etapa da Copa EFX Brasil, em Mauá (SP)
Crédito: Renato Fernandes/Mundo Press

Júlio Ferreira, piloto da equipe Honda Racing de Enduro FIM, durante a sexta e última etapa da Copa EFX Brasil, em Mauá (SP)
Crédito: Renato Fernandes/Mundo Press