Rally Jalapão 500 - Pilotos Honda Racing ditam ritmo na etapa de abertura
Tunico Maciel lidera categoria Production Aberta e Júlio “Bissinho” é o ponteiro da Rally Brasil; Gregorio Caselani e Jean Azevedo completam etapa entre os mais velozes
Publicada em 8/6/2018.

Ponte Alta (TO) - A etapa de abertura do 4º Rally Jalapão 500, realizada nesta sexta-feira (8) entre Palmas e Ponte Alta, em Tocantins, foi concluída com a presença de pilotos da equipe Honda Racing entre os mais rápidos da disputa. Foram percorridos neste primeiro dia de prova 242 km, sendo 227 de especiais, em um terreno duro e com muito cascalho. O evento é válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

Tunico Maciel, que compete pela classe Production Aberta, Gregorio Caselani e Jean Azevedo (ambos pela Super Production) finalizaram o dia na segunda, terceira e quarta posições da classificação geral das motocicletas, respectivamente - Maciel ainda garantiu a liderança em sua categoria. Júlio “Bissinho” Zavatti, por sua vez, foi o mais rápido entre os pilotos da categoria Rally Brasil.

Maciel, que assim como Caselani e Azevedo acelera uma Honda CRF 45RX, superou seus concorrentes da categoria Production Aberta por uma diferença de quase 8 minutos e garantiu o segundo melhor tempo geral.

“Hoje foi um dia que andamos muito rápido, eu consegui acelerar forte do começo ao fim. Amanhã já será diferente, com um trecho bem travado e com muita areia. E este é um tipo de terreno que gosto bastante”, afirmou Maciel. “Estou bem focado, bastante confiante e até um pouco ansioso para correr amanhã”, concluiu.

Vencedor de todas as etapas da categoria Rally Brasil no RN 1500, prova que abriu o Brasileiro de Rally Cross Country e foi disputada em abril, Júlio “Bissinho” Zavatti voltou a ser o mais veloz.

“Hoje foi um dia com uma especial muito rápida. Consegui fazer uma boa prova, sem erros, e cheguei ao final sem nenhum problema. Isso é muito bom”, afirmou o piloto paulista, que acelera uma Honda CRF 230F. “Agora vou me preparar para amanhã, que é quando a gente realmente entra nas areias do Jalapão. Acho que será o dia mais difícil do rali, um dia longo com bastante areia.”

A segunda etapa do Rally Jalapão 500 será realizada neste sábado (9), com largada em Ponte Alta (TO) e chegada em São Félix do Tocantins (TO). Serão percorridos 356 km, sendo 341 km de trechos cronometrados. A prova, que ainda inclui quadriciclos, UTVs e carros, possui, no total, três dias de disputas, com 1.133 km de percurso - 823 deles de especiais. Os campeões serão conhecidos no domingo (10), em Palmas (TO).

A equipe Honda Racing de Rally conta com o patrocínio da Honda, Michelin, Mobil, D.I.D correntes, Edgers, BRC, Race Tech e Alex Design.

Rally Jalapão 500 - 1ª etapa (resultados extraoficiais)

Classificação geral - Motocicletas
1 - Ricardo Martins - 2:33:01
2 - Tunico Maciel - 2:34:33 - Honda CRF 450RX
3 - Gregorio Caselani - 2:35:27 - Honda CRF 450RX
4 - Jean Azevedo - 2:35:48 - Honda CRF 450RX
5 - Túlio Malta - 2:40:00

Categoria Super Production
1 - Ricardo Martins - 2:33:01
2 - Gregorio Caselani - 2:35:27 - Honda CRF 450RX
3 - Jean Azevedo - 2:35:48 - Honda CRF 450RX
4 - Roberval da Silva - 3:58:26

Categoria Production Aberta
1 - Tunico Maciel - 2:34:33 - Honda CRF 450RX
2 - Luciano Gomes - 2:42:10
3 - Vítor Closs - 2:44:40
4 - Danilo Gomes - 2:51:23
5 - Christian Costantini - 3:06:53

Categoria Rally Brasil
1 - Júlio “Bissinho” Zavatti - 2:49:37 - Honda CRF 230F
2 - Álvaro Almeida - 2:54:21
3 - Carlos Correia Filho - 3:30:00

Programação* do 4º Rally Jalapão 500


Sábado - 9/6 - 2ª etapa
Ponte Alta (TO) / São Félix do Tocantins (TO)
Percurso do dia: 356 km (341 km de especiais)

Domingo - 10/6 - 3ª etapa
São Félix do Tocantins (TO) / Palmas (TO)
Percurso do dia: 535 km (255 km de especiais)
21h - Premiação no Shopping Capim Dourado - Av. JK, Quadra 107 Norte, Lote 1, s/n - Plano Diretor Norte - Palmas (TO)

TOTAL DA PROVA: 1133 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 823 km


*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.


Jetro Salazar, piloto da equipe Honda Racing, durante etapa do Brasileiro de Motocross
Crédito: Idário Café/Mundo Press

Lucas Dunka, piloto da equipe Honda Racing, durante etapa do Brasileiro de Motocross
Crédito: Idário Café/Mundo Press