Brasileiro de Enduro FIM - Lama e alto nível técnico marcam a 3ª etapa
Bruno Crivilin segue imbatível na categoria E1 e na Enduro GP, direcionada aos pilotos mais rápidos do campeonato
Publicada em 20/5/2018.

Biguaçu (SC) – A terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM movimentou a Fazenda Coelho, em Biguaçu (SC), neste final de semana (19 e 20). As disputas envolveram grandes nomes da modalidade e foram marcadas por terreno úmido e liso, com muito barro, e alto nível técnico. O capixaba Bruno Crivilin segue imbatível na categoria Enduro GP, direcionada aos mais rápidos da competição, e foi o grande destaque.

O piloto da Orange BH KTM Racing também lidera a classe E1, para as motocicletas de 250 cilindradas, e analisou a prova como a mais dura em Biguaçu nos últimos anos. A cidade faz parte do calendário nacional desde 2011. “As especiais foram dignas de enduro, com muitos desafios, e foi possível medir o preparo físico e a velocidade de todos os pilotos”, explicou.

“A lama deu um tempero a mais e estou muito satisfeito com o resultado”, continuou Crivilin, que representa o Brasil no Campeonato Mundial da modalidade. O segundo mais rápido da Enduro GP em solo catarinense foi Júlio Ferreira, da Honda Racing. O mineiro venceu a terceira etapa pela E2, para as motos de 450 cilindradas, e com o resultado assume a liderança da categoria.

“A prova superou todas as expectativas. A estrutura estava ótima e as especiais, muito bem montadas”, elogiou Ferreira. “O objetivo agora é manter a liderança da E2 e seguir trabalhando forte para brigar pelo primeiro lugar da Enduro GP. Sinto que estou evoluindo no campeonato, o que é muito bacana e traz confiança”, concluiu o piloto.

Confira os outros vencedores da prova em Biguaçu: Felipe Legarrea (classe E3), Tiago Wernersbach (E4 - Honda Moto Litoral), Willian Lauers (EJúnior), Diogo Andrade (E35), Sidney Siquela (E40), Rodrigo Alcy (E45- Honda Moto Litoral), Romeu Enrich (E50) e Gabriel Bellaver (EAmador - Sócramento).

A quarta etapa do campeonato está marcada para os dias 9 e 10 de junho em Aracruz (SC). O Brasileiro de Enduro FIM 2018 é patrocinado por Rinaldi, Yamaha, ASW, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, Jeri Aventure Ride, KTM Sacramento, O2BH Yamaha, Motorex e Sig Visual. 

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2018 – 3ª etapa
Local: Fazenda Coelho, em Biguaçu (SC)

Resultados por categoria da 3ª etapa

Enduro GP
1 - Bruno Crivilin
2 - Júlio Ferreira
3 - Vinícius Calafati
4 - Gabriel Soares
5 - Gustavo Pellin

E1
1 - Bruno Crivilin
2 - Gabriel Soares
3 - André Luiz Dalsasso
4 - Nicolás Rodriguez
5 - Ivan Barbieri

E2 
1 - Júlio Ferreira
2 - Gustavo Pellin
3 - Vinícius Calafati
4 - Victor Miranda
5 - Ike Klaumann

E3 
1 - Felipe Legarrea
2 - Rômulo Bottrel

E4 
1 - Tiago Wernersbach
2 - Anderson da Luz
3 - Ronald Santi
4 - Fernando Pereira
5 - Fabrício Theiss

EJúnior 
1 - Willian Lauers
2 - Vinícius de Sá
3 - Patrik Capila
4 - Washington Pereira

E35 
1 - Diogo Andrade
2 - Humberto Cadori Filho
3 - Anderson Vieira
4 - Igor Reolon
5 - Rodrigo Lopes

E40 
1 - Sidney Siquela
2 - Adriano de Ávila
3 - Sideny
4 - Fernando Teixeira
5 - Fábio Demétrio

E45 
1 - Rodrigo Alcy
2 - Laurindo Filho
3 - Maurício Fernandes
4 - Adenilson Schmitt
5 - Evandro Bozetti

E50 
1 - Romeu Enrich
2 - Marcos Benvenutti

EAmador 
1 - Gabriel Bellaver
2 - Agenor dos Santos
3 - Cassiano Correa
4 - Roberto Theodoro
5 - Lucas Colombo

Classificação do Campeonato Brasileiro após três etapas

Categoria Enduro GP 
1 - Bruno Crivilin - 145 pontos
2 - Júlio Ferreira - 110
3 - Gabriel Soares - 109
4 - Vinícius Calafati - 98
5 - Patrik Capila - 89

E1 
1 - Bruno Crivilin - 147 pontos
2 - Gabriel Soares - 135 pontos
3 - Nicolás Rodriguez - 116 pontos
4 - Diego Colett - 72 pontos
5 – André Dalsasso - 40 pontos

E2 
1 - Júlio Ferreira - 134 pontos
2 - Vinícius Calafati - 126 pontos
3 - Gustavo Pellin - 112 pontos
4 - Victor Miranda - 102 pontos
5 - Luis Oliveira - 100 pontos

E3 
1 - Rômulo Bottrel - 144 pontos
2 - Felipe Legarrea - 128 pontos
3 - Felipe Carlette - 86 pontos
4 - Rodrigo Corsi - 66 pontos
5 - Rigor Rico - 38 pontos

E4 
1 - Tiago Wernersbach - 147 pontos 
2 - Anderson da Luz - 117 pontos
3 - Fernando Pereira - 102 pontos
4 - Marcos Souza - 100 pontos
5 - Ronald Santi - 98 pontos

EJúnior 
1 - Patrik Capila - 143 pontos
2 - Vinícius de Sá - 128 pontos
3 - Willian Lauers - 105 pontos
4 - Washington Pereira - 98 pontos
5 - Bernardo Barreto - 34 pontos

EFeminina 
1 - Maiara Basso - 100 pontos
2 - Bárbara Neves - 84 pontos
3 - Tainá Aguiar - 76 pontos
4 - Marcely Cazadini - 66 pontos
5 - Livia Batistine - 64 pontos

E35 
1 - Igor Reolon - 100 pontos
2 - Nielsen Bueno - 100 pontos
3 - Diogo Resende - 88 pontos
4 - Anderson Vieira - 80 pontos
5 - André Barbosa - 66 pontos

E40 
1 - Adriano de Ávila - 122 pontos
2 - Fernando Teixeira de Carvalho - 109 pontos
3 - Cassiano Tebaldi - 100 pontos
4 - Sidnei Siquela - 83 pontos
5 - Willian Meneses - 40 pontos

E45 
1 - Laurindo Filho - 131 pontos
2 - Rodrigo Alcy - 115 pontos
3 - Maurício Fernandes - 106 pontos
4 - Pélmio Simões - 97 pontos
5 - Evandro Bozetti - 48 pontos

E50 
1 - Marcos Benvenutti - 108 pontos
2 - Romeu Enrich - 103 pontos
3 - Fabio Campos - 50 pontos
4 – Manuel Francisco - 44 pontos
5 – Antonio de Abreu - 40 pontos

EAmador 
1 - Gabriel Bellaver - 145 pontos
2 - Agenor dos Santos - 106 pontos
3 - Roberto Theodoro - 105 pontos
4 - Lucas Colombo - 83 pontos
5 - Uiliam Brunetta - 51 pontos. 


Gustavo Pellin na sexta etapa do Brasileiro de Enduro FIM, em Farroupilha (RS)
Crédito: Rogério Leite

Bruno Crivilin na sexta etapa do Brasileiro de Enduro FIM, em Farroupilha (RS)
Crédito: Rogério Leite