Brasileiros seguem firmes na liderança dos UTVs no Rally Dakar
Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin vencem mais um dia no formato maratona a bordo do Can-Am Maverick X3; Com destino a Argentina, nona etapa é cancelada
Publicada em 14/1/2018.

Tupiza (Bolívia) – Os líderes Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin foram os grandes destaques dos UTVs no primeiro desafio em formato maratona do 40º Rally Dakar. Sem contar com auxílio mecânico externo desde o dia anterior, os brasileiros mostraram a força do Can-Am Maverick X3 e venceram mais uma etapa da prova neste domingo (14), entre Uyuni e Tupiza, na Bolívia. A oitava etapa incluiu 584 quilômetros, 498 deles de trechos cronometrados.

Com os resultados, a dupla ampliou vantagem na liderança da categoria para 1h34min31seg sobre os peruanos Juan Carlos Uribe Ramos e Javier Uribe Godoy, que também competem com o Can-Am Maverick X3. O Rally Dakar entra na Argentina nesta segunda-feira (15), mas por conta do mau tempo as disputas foram canceladas. A caravana seguirá por estradas até a cidade de Salta, onde a programação será retomada na terça-feira (16).

“Vamos aproveitar essa pausa para fazer todos os ajustes necessários e descansar um pouco”, disse o piloto Varela. “O Rally Dakar tem sido muito desafiador e os últimos dias foram extremamente cansativos, com areia pesada e dias longos. O Can-Am Maverick X3 é incrível, prova disso são as duas vitórias consecutivas nos dias de etapa maratona. Temos conseguido ampliar a vantagem na liderança e espero que continue assim nos últimos cinco dias de prova”, concluiu.

Entre os quadriciclos da G3. 2 2, o argentino Daniel Mazzucco também saiu ileso do primeiro desafio em formato maratona. O líder da classe agora soma 1h13min47seg de vantagem sobre Kamil Wisniewski, da Polônia, segundo colocado. Pablo Novara (Argentina) está em terceiro lugar, seguido por Jan Twilhaar (Holanda) e Martin Sarquiz (Argentina). Todos os competidores aceleram o quadriciclo Can-Am Renegade.

O 40º Rally Dakar também reúne motocicletas, carros e caminhões. A chegada será no dia 20 de janeiro na cidade de Córdoba, Argentina, sendo que o percurso total inclui mais de 8.000 km de desafios.

Rally Dakar – Resultados categoria UTVs (extra-oficiais)

8ª Etapa
1 – REINALDO VARELA / GUSTAVO GUGELMIN (BRA) – 07H 30' 18'' – Can-Am Maverick X3 
2 – JUAN CARLOS URIBE RAMOS / JAVIER URIBE GODOY (PER) – 07H 49' 13'' – Can-Am Maverick X3
3 – LEO LARRAURI / FERNANDO IMPERATRICE (ARG) – 08H 18' 27'' – Can-Am Maverick X3 
4 – PATRICE GARROUSTE (FRA) / STEVEN GRIENER (CHE) – 08H 19' 00''

Resultados acumulados após oito etapas
1 - REINALDO VARELA / GUSTAVO GUGELMIN (BRA) – 40H 15' 31'' – Can-Am Maverick X3 
2 - JUAN CARLOS URIBE RAMOS / JAVIER URIBE GODOY (PER) – 41H 50' 02'' – Can-Am Maverick X3
3 – PATRICE GARROUSTE (FRA) / STEVEN GRIENER (CHE) – 42H 47' 58''
4 – LEO LARRAURI / FERNANDO IMPERATRICE (ARG) – 87H 29' 14'' – Can-Am Maverick X3

Rally Dakar – Resultados categoria Quadriciclos/ Classe G3.2 2 (extra-oficiais)

8ª Etapa
1 – KAMIL WISNIEWSKI (POL) – 07H 55' 35'' – Can-Am Renegade
2 – DANIEL MAZZUCCO (ARG) – 08H 15' 12'' – Can-Am Renegade
3 – PABLO LUIS NOVARA (ARG) – 08H 16' 29'' – Can-Am Renegade
4 – JAN BASTIAAN NIJEN TWILHAAR (NDL) – 08H 44' 50'' – Can-Am Renegade
5 – ROMULO AIRALDI (PER) – 08H 52' 51''

Resultados acumulados após oito etapas
1 – DANIEL MAZZUCCO (ARG) – 41H 24' 03'' – Can-Am Renegade 
2 – KAMIL WISNIEWSKI (POL) – 42H 37' 50'' – Can-Am Renegade
3 – PABLO LUIS NOVARA (ARG) – 44H 50' 27'' – Can-Am Renegade
4 – JAN BASTIAAN NIJEN TWILHAAR (NDL) – 47H 37' 34'' – Can-Am Renegade
5 – MARTIN SARQUIZ (ARG) –53H 19' 51'' – Can-Am Renegade

Confira o roteiro dos UTVs no 40º Rally Dakar:

15/1/2018 - 9ª etapa - CANCELADA
Tupiza (Bolívia) / Salta (Argentina)

16/1/2018 - 10ª etapa
Salta / Belén (Argentina)
Deslocamento: 423 km
Especial (trecho cronometrado): 372 km
Total do dia: 795 km

17/1/2018 - 11ª etapa
Belén / Fiambalá / Chilecito (Argentina)
Deslocamento: 466 km
Especial (trecho cronometrado): 280 km
Total do dia: 746 km

18/1/2018 - 12ª etapa
Fiambalá / Chilecito / San Juan (Argentina)
Deslocamento: 269 km
Especial (trecho cronometrado): 522 km
Total do dia: 791 km

19/1/2018 - 13ª etapa
San Juan / Córdoba (Argentina)
Deslocamento: 559 km
Especial (trecho cronometrado): 368 km
Total do dia: 927 km

20/1/2018 - 14ª etapa
Córdoba / Córdoba (Argentina) 
Deslocamento: 165 km
Especial (trecho cronometrado): 119 km
Total do dia: 284 km.

Sobre a BRP - A BRP (TSX: DOO) é líder global no design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e marketing de veículos powersports e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, as motos aquáticas Sea-Doo, os veículos off-road e roadsters Spyder da Can-Am e os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como os motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário. Com renda anual de CA$ 4,2 bilhões em mais de 100 países, a empresa conta com aproximadamente 8.700 colaboradores em todo o mundo.

www.brp.com
@BRPNews


O piloto Rodrigo Varela, campeão brasileiro de Rally Baja a bordo do Can-Am Maverick X3
Crédito: Divulgação

O piloto Rodrigo Varela, a bordo do Can-Am Maverick X3, durante etapa do Brasileiro de Rally Baja
Crédito: Doni Castilho/DFotos/Mundo Press