Team Rinaldi comemora temporada de sucesso no motociclismo off-road
Equipe oficial da fábrica gaúcha de pneus conquistou 23 títulos e marcou presença no pódio das principais competições do calendário nacional
Publicada em 22/12/2017.

Bento Gonçalves (SP) – A temporada 2017 é motivo de muita comemoração para o Team Rinaldi. Os pilotos da equipe oficial da fábrica gaúcha conquistaram 23 títulos e marcaram presença no pódio das principais competições do calendário nacional do motociclismo off-road. O time mostrou na prática a qualidade dos pneus Rinaldi, prontos para qualquer tipo de terreno e desafio.

No Motocross, modalidade responsável por sete títulos em 2017, o Team Rinaldi colheu resultados pelos investimentos feitos nos novos talentos e nas mulheres. Maiara Basso conquistou o tricampeonato brasileiro na classe MXF, enquanto Rafael Becker provou que é a grande promessa do esporte. Ele foi tricampeão nacional, desta vez pela classe 65cc, depois de ganhar a 50cc nos últimos dois anos.

Bárbara Neves foi destaque no Enduro FIM, com o título brasileiro da classe EFeminina logo em sua temporada de estreia. Os mineiros Ripi Galileu e Ronald Santi escreveram seus nomes na história do Hard Enduro ao vencer a primeira edição do Campeonato Brasileiro da modalidade, pelas classes Ouro e Prata, respectivamente.

O Team Rinaldi também voou baixo no Velocross, com oito títulos conquistados pelos irmãos Maiara e Lucas Basso. No Enduro de Regularidade, Emerson Loth “Bombadinho” teve 100% de aproveitamento, incluindo o título da classe Master no Campeonato Brasileiro da modalidade. Confira as principais conquistas do Team Rinaldi na temporada 2017:

MOTOCROSS

CAMPEONATO BRASILEIRO DE MOTOCROSS

Classe 65cc
1 – Rafael Becker

Classe MXF
1 – Maiara Basso

Classe MXJr
5 – Gabriel Andrigo

Classe MX2Jr
4 – Renan Goto “Japinha”

Classe MX2
5 – João Pedro Ribeiro

ARENA CROSS

Classe 50cc
1 – Rafael Becker

CAMPEONATO CATARINENSE DE MOTOCROSS

Classe 65cc
1 – Rafael Becker

Classe MXJr
1 – Gabriel Andrigo

Classe Intermediária MX2
2 – Gabriel Andrigo

CAMPEONATO GAÚCHO DE MOTOCROSS

Classe MX Pró
1 – Mateus Basso
5 – Lucas Basso

Classe MX3
1 – Maiara Basso

Classe Intermediária MX2
2 – Maiara Basso

Classe MX2
3 – Mateus Basso
5 – Lucas Basso

ENDURO

CAMPEONATO BRASILEIRO DE ENDURO FIM

Classe EFeminina
1 – Bárbara Neves

Classe EJr
2 – Vinícius Luis Lopes “Musa”

Classe E2
4 – Ronald Santi

Classe E3
3 – Rigor Rico
5 – Ripi Galileu

Classe E4
3 – Bruno Martins

Classificação geral
5 – Vinícius Luis Lopes “Musa”

COPA EFX

Classe E4
1 – Bruno Martins

CAMPEONATO BRASILEIRO DE HARD ENDURO

Classe Ouro
1 - Rigor Rico
2 – Ripi Galileu

Classe Prata
1 – Ronald Santi

ENDURO DE REGULARIDADE

CAMPEONATO BRASILEIRO DE ENDURO DE REGULARIDADE

Classe Master
1 – Emerson Loth “Bombadinho”

CAMPEONATO SUL-BRASILEIRO DE ENDURO DE REGULARIDADE

Classe Master
1 – Emerson Loth “Bombadinho”

CAMPEONATO PARANAENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE

Classe Master
1 – Emerson Loth “Bombadinho”

VELOCROSS

CAMPEONATO BRASILEIRO DE VELOCROSS

Classe VXF
1 – Maiara Basso

CAMPEONATO GAÚCHO DE VELOCROSS

Classe VX Pró
1 – Lucas Basso
4 – Mateus Basso

Classe VX2
1 – Lucas Basso
3 – Mateus Basso

Classe VXF Importada
1 – Maiara Basso

CAMPEONATO SUL-BRASILEIRO DE VELOCROSS

Classe VX2
1 – Lucas Basso

Classe VXF
1 – Maiara Basso

COPA NORTE DE VELOCROSS

Classe VX Pró
1 – Lucas Basso

Classe VX2
1 – Lucas Basso

CROSS COUNTRY

CAMPEONATO GOIANO DE CROSS COUNTRY

Classe Feminina
1 – Bárbara Neves

RALLY

CAMPEONATO BRASILEIRO DE RALLY CROSS COUNTRY

Classe Super Production
3 – Ricardo Martins

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2015 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.  


Rinaldi patrocina o Campeonato Brasileiro de Motocross 2018
Crédito: Café Fotos/Mundo Press

Rinaldi patrocina o Campeonato Brasileiro de Hard Enduro 2018
Crédito: Vicenzo Barbagallo