Com entrada franca, Brasileiro de Motocross vai ao Triângulo Mineiro
Evento patrocinado pela Rinaldi vale pela quinta etapa do calendário e traz corridas para sete categorias neste fim de semana (4 e 5)
Publicada em 1/11/2017.

Bento Gonçalves (RS) – O Campeonato Brasileiro de Motocross realiza a quinta etapa do calendário neste fim de semana (4 e 5), na cidade de Tupaciguara, localizada no Triângulo Mineiro. Com entrada franca, o acesso ao evento patrocinado pela Rinaldi será no Parque de Exposição Rômulo Alvim Cunha. Haverá corridas para sete categorias: MX1, MX2, MX2Jr, MXJr, MX3, MX4 e MX5.

O Team Rinaldi, equipe oficial da fábrica gaúcha de pneus, garantiu presença nas baterias. Os pilotos João Pedro Ribeiro (4º colocado da categoria MX2), Frederico Spagnol (6º da MX2) e Renan Goto “Japinha” (4º da MX2Jr) aceleram pela equipe Ipiranga Honda Rinaldi IMS.

“As expectativas são muito boas, estamos bastante animados em buscar ótimos resultados com os pneus da linha off-road da Rinaldi”, disse Wellington Valadares, chefe de equipe da Ipiranga Honda Rinaldi IMS. O Team Rinaldi também conta com o piloto Gabriel Andrigo na categoria MXJr.

Final do Gaúcho de Enduro FIM – Para os fãs de Enduro FIM, a final do Campeonato Gaúcho da modalidade está marcada para este deste domingo (5), partir das 10h, na Linha 20 Parizzi em Casca (RS). O evento patrocinado pela Rinaldi tem acesso gratuito ao público. Na ocasião, serão entregues os títulos aos campeões da temporada pelas categorias E1, E2, Intermediária, E35, E40, E45, E4, E5, E6, E7 e E8. 

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2015 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.  

 


Maiara Basso, piloto de motocross do Team Rinaldi
Crédito: Café Fotos/Mundo Press

Maiara Basso, piloto de motocross do Team Rinaldi
Crédito: Café Fotos/Mundo Press