Rinaldi reforça linha off-road para motocicletas com o pneu SR Hard
Específico para a modalidade Hard Enduro, lançamento da fábrica gaúcha traz aderência a todos os tipos de obstáculos e extrema resistência
Publicada em 25/10/2017.

Bento Gonçalves (RS) – A linha off-road da Rinaldi ficou ainda mais completa com o pneu traseiro SR Hard. O lançamento da fábrica gaúcha foi desenvolvido especialmente para a prática do Hard Enduro, modalidade famosa por reunir os desafios mais extremos do motociclismo. Com aderência em todos os tipos de obstáculos, o modelo traz resistência única e o padrão de qualidade Rinaldi, reconhecido no mercado há 48 anos.

“O Hard Enduro é uma modalidade que tem sido cada vez mais praticada no Brasil. A Rinaldi está pronta para atender as necessidades dos pilotos”, disse Sérgio De Paris, gerente comercial da empresa. “O trabalho para ampliar a nossa gama de produtos não para, assim como os investimentos em qualidade e tecnologia”, continuou.

O SR Hard está disponível na medida 110/100-18. Todos os detalhes do pneu foram pensados para conduzir o piloto com segurança e alto desempenho nas trilhas. De acordo com Sílvio Grecco, gerente de tecnologia e qualidade da Rinaldi, o diferencial do modelo está em sua estrutura.

“O pneu SR Hard possui ótima resistência estrutural. Foi produzido a partir de um composto de rodagem macio, o qual permite que se molde aos diferentes tipos de terrenos e obstáculos. Os materiais utilizados destacam a durabilidade e a robustez do pneu, estruturado com náilon reforçado. Os resultados são aderência superior e grande resistência ao rasgo”, explicou Grecco.

Campeão do Red Bull Minas Riders em 2016 (categoria Silver) e atual líder do Brasileiro de Hard Enduro, Rigor Rico atesta a qualidade do pneu. O piloto do Team Rinaldi teve participação efetiva no desenvolvimento do SR Hard. “Os testes começaram no ano passado e a Rinaldi trabalhou duro até chegar no nível de qualidade que o pneu atingiu”, afirmou.

Para que o SR Hard tenha o melhor rendimento, é importante seguir as especificações de uso da Rinaldi. “O produto é específico para Hard Enduro, então o piloto deve evitar situações como sobrecarga, alta pressão na calibragem e uso em vias pavimentadas. Eu segui as instruções da fábrica e não tive um único pneu furado durante toda a temporada do Brasileiro de Hard Enduro, que passou pelos obstáculos e tipos de terrenos mais variados”, concluiu Rico.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2015 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.  


Maiara Basso, piloto de motocross do Team Rinaldi
Crédito: Café Fotos/Mundo Press

Maiara Basso, piloto de motocross do Team Rinaldi
Crédito: Café Fotos/Mundo Press