Rally dos Sertões – Bruno Varela e João Arena comemoram título dos UTVs
Can-Am confirma pentacampeonato da categoria com o veículo Maverick X3, que dominou o Top 15 dos UTVs na edição de 25 anos do evento
Publicada em 26/8/2017.

Bonito (MS) – O piloto Bruno Varela e o navegador João Arena, de São Paulo, são os grandes campeões dos UTVs no 25º Rally dos Sertões. A dupla confirmou a taça inédita neste sábado (26), no sétimo e último dia de prova, que terminou na rampa de chegada em Bonito (MS) após 3300 quilômetros de desafios - 1999 de trechos cronometrados. A conquista representou o quinto título consecutivo da Can-Am na categoria. A fábrica canadense foi soberana e dominou o Top 15 dos UTVs, com os veículos Maverick X3.

Maior rally do país, o Sertões teve início no último dia 20 em Goiânia (GO). Os competidores a bordo dos UTVs Can-Am Maverick X3 protagonizaram as disputas desde o prólogo, travando um revezamento acirrado na liderança da classificação a cada etapa.

Na reta final, o duelo entre Bruno Varela/João Arena e a dupla formada pelo piloto cearense Lucas Barroso e o navegador mineiro Breno Rezende (vencedor do Sertões em 2016) foi de tirar o fôlego. Os paulistas confirmaram o título apenas nos quilômetros finais, com a vantagem de 7min56seg.

“Estamos muito felizes. Foi extremamente difícil vencer o Rally dos Sertões, exigiu bastante garra e paciência”, comemorou Bruno Varela, que é embaixador da Can-Am no Brasil. Ele acelerou o UTV Can-Am Maverick X3 com o upgrade de potência da versão 2018 do veículo, a qual acaba de ser lançada e oferece 172HP.

“O UTV ajudou muito nessa conquista. Foi perfeito desde o início e não apresentou nenhum tipo avaria mecânica diante dos mais duros desafios. O único contratempo que tivemos foi com as rodas que importamos dos Estados Unidos, mas quando colocamos as peças originais do Maverick X3 resolvemos o problema”, acrescentou Bruno Varela.

Com o desempenho, ele e o navegador João Arena ainda faturaram o título da classe UTV Pro Turbo. Na UTV Super Production, os vencedores foram Luiz Rodrigues e Fernando Filho, também a bordo do Can-Am Maverick X3.

O embaixador da Can-Am no Brasil Lucas Barroso deu show no Rally dos Sertões. “Lideramos boa parte da prova e a disputa foi eletrizante. O Sertões, sem dúvidas, testou pilotos, navegadores e máquinas. O Can-Am Maverick X3 mostrou a sua força e quem ganhou foi a categoria dos UTVs, que cresce a cada dia”, concluiu.

Resultados (extra-oficiais) - 25º Rally dos Sertões
UTVs – Acumulado após sete etapas (FINAL)
1° - Bruno Varela/João Arena - 25:38:22.61 - Can-Am Maverick X3
2° - Lucas Barroso/Breno Rezende - 25:46:19.58 - Can-Am Maverick X3
3° - Ismar Júnior/André Galvão de Sá - 26:08:06.49 - Can-Am Maverick X3
4° - Edu Piano/Solon Mendes - 26:14:11.18 - Can-Am Maverick X3
5° - Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira - 26:20:16.96 - Can-Am Maverick X3
6° - Enrico Almeida/Fábio Pedroso - 26:35:44.14 - Can-Am Maverick X3
7° - Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama - 27:03:19.38 - Can-Am Maverick X3
8° - Gabriel Cestari/Edgar Fabre - 27:18:16.97 - Can-Am Maverick X3
9° - Daniel Mahseredjian/Sano Chermont - 27:22:21.80 - Can-Am Maverick X3
10° - Rodrigo Betti/Daniel Crema - 27:54:58.06 - Can-Am Maverick X3
11° - Rodrigo Varela/Idali Bosse - 28:15:23.31 - Can-Am Maverick X3
12° - Gabriel Varela/Gabriel Morales - 28:42:29.88 - Can-Am Maverick X3
13° - Cristiano Batista/Robledo Nicoletti - 28:47:24.03 - Can-Am Maverick X3
14° - Allan Cestari/Weidner Moreira - 28:58:59.35 - Can-Am Maverick X3
15° - Luiz Rodrigues/Fernando Filho - 29:37:45.00 - Can-Am Maverick X3

Sobre a BRP - A BRP (TSX: DOO) é líder global no design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e marketing de veículos powersports e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, as motos aquáticas Sea-Doo, os veículos off-road e roadsters Spyder da Can-Am e os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como os motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário. Com renda anual de CA$ 4,2 bilhões em mais de 100 países, a empresa conta com aproximadamente 8.700 colaboradores em todo o mundo.

www.brp.com
@BRPNews

 


Reinaldo Varela com o UTV Can-Am Maverick X3 de 172HP durante testes em Portugal
Crédito: Divulgação/Divino Fogão Rally Team

Reinaldo Varela (à esquerda) e Adilson Greco Gaspar, da Can-Am, firmam parceria para o Rally Dakar 2018
Crédito: Divulgação/Divino Fogão Rally Team