Maiara Basso fica perto do título brasileiro de velocross da classe VXF
Piloto do Team Rinaldi está invicta após a segunda etapa da competição; Na Copa EFX de Enduro FIM, Bruno Martins amplia liderança da categoria E4
Publicada em 23/7/2017.

Bento Gonçalves (RS) – Maiara Basso ficou próxima do título brasileiro de velocross da classe VXF. A gaúcha do Team Rinaldi venceu a corrida deste domingo (23) em Blumenau (SC), válida pela segunda – e penúltima – etapa da disputa que envolve exclusivamente as mulheres. “Foi uma ótima prova. Larguei na frente, imprimi um bom ritmo e administrei o resultado até o final”, comentou a competidora, invicta no campeonato.

Este é o ano de estreia da categoria feminina no Brasileiro de Velocross. “A bateria em Blumenau foi show, havia 24 meninas na briga. A pista estava muito boa, aderente e com poucos buracos”, relatou Maiara. Ela é bicampeã nacional de motocross e possui um título brasileiro de Arena Velocross.

Para os homens, as corridas em solo catarinense valeram pela quarta etapa do Brasileiro de Velocross. Lucas Basso, irmão de Maiara, confirmou o sexto lugar nas classes VX1 e VX2. Eles utilizaram os pneus HE40 e SR39 no desafio, modelos da linha off-road da Rinaldi. 

Bruno Martins amplia liderança na Copa EFX – Patrocinada pela Rinaldi, a Copa EFX reuniu as feras do Enduro FIM na quarta etapa em Itupeva (SP), neste domingo (23). Bruno Martins venceu a E4 e ampliou a liderança da categoria. “Foi um dia perfeito, andei bem o tempo todo, sem errar. As especiais foram mistas, com direito a trilhas e trechos de motocross”, relatou o paulista. O Team Rinaldi também foi ao pódio com Ronald Santi, terceiro colocado da Elite.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2015 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.  


Vinícius Luis da Silva, o Musa, piloto de Enduro do Team Rinaldi
Crédito: Café Fotos/Mundo Press

Rigor Rico, piloto de Enduro do Team Rinaldi
Crédito: Café Fotos/Mundo Press