UTVs abrem a temporada do Brasileiro de Rally Baja em Barretos (SP)
De olho na vitória, Deninho Casarini e os irmãos Rodrigo e Bruno Varela aceleram o UTV Can-Am Maverick X3 X RS neste fim de semana
Publicada em 9/3/2017.

São Paulo (SP) – A luta pelos títulos do Campeonato Brasileiro de Rally Baja tem início neste fim de semana (11 e 12) na 11ª edição do Rally Barretos, cidade do interior de São Paulo. A categoria para UTVs é atração à parte e conta com grid superior a 35 veículos. De olho na vitória, Deninho Casarini e os irmãos Rodrigo e Bruno Varela aceleram com o Can-Am Maverick X3 X RS, lançamento da marca canadense.

Casarini está pronto para defender o título da classe UTV Pró. “Vou aproveitar para sentir o X3 e investir na adaptação ao veículo, já que o modelo é totalmente inovador, promete revolucionar o esporte. A prova em Barretos é muito bem organizada e não vejo a hora de começar a temporada do Brasileiro de Baja”, disse. Rodrigo Varela reforçou. “Como o evento abre o campeonato, sempre é uma das corridas mais esperadas. Estou muito ansioso para largar, ainda mais para pisar fundo no X3 e ver como ele vai se comportar. Fizemos muitos testes e o UTV é surpreendente.”

Novidade na equipe – Outra novidade da Can-Am é o reforço do piloto Bruno Varela. Integrante da conhecida “Família da Poeira”, cujo patriarca é o bicampeão mundial de rally cross country (entre os carros da T2) Reinado Varela, o caçula foi campeão brasileiro de rally baja em 2015 pela categoria Production. Além do primogênito Rodrigo, a equipe Can-Am ainda conta com Gabriel Varela, atual campeão brasileiro de baja (geral e classe UTV Turbo) e do Rally dos Sertões (classe UTV Pró), que disputa a temporada off-road norte-americana em 2017. 

Bruno Varela está em contagem regressiva para a estreia em Barretos. “Estou muito feliz em poder competir na mesma equipe dos meus irmãos e bastante motivado para a largada. Correr de Can-Am era um sonho e o Can-Am Maverick X3 mudou totalmente o conceito dos UTVs nas competições. O veículo é resistente, forte e ágil, além de possuir um longo curso de suspensão, o que nos permite saltar à vontade”, concluiu o piloto.

Sobre a BRP - A BRP (TSX: DOO) é líder mundial no design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, as embarcações Sea-Doo, os veículos todo-o-terreno e side-by-side Can-Am, os roadsters Can-Am Spyder, os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como os motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário. Com renda anual de mais de CA$ 3,8 bilhões em mais de 100 países, a empresa conta com aproximadamente 7.900 funcionários em todo o mundo.

www.brp.com
@BRPNews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder, Defender, Maverick, X3 e o logotipo da BRP são marcas registradas da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são de propriedade de seus respectivos proprietários.


Brasileiros Reinaldo Varela (à esquerda) e Gustavo Gugelmin na segunda etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country 2019, nos Emirados Írabes Unidos
Crédito: MCH Photography

Brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin na segunda etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country 2019, nos Emirados Írabes Unidos
Crédito: MCH Photography