Norte-americano é campeão do Enduro FIM de Patrocínio 2016
Mais rápido nos dois dias de prova, Ian Blythe é o grande destaque das trilhas; Evento é sucesso de público e de crítica no Triângulo Mineiro
Publicada em 10/4/2016.

Patrocínio (MG) – Após dois dias de disputas, a 12ª edição do Enduro FIM de Patrocínio para motocicletas teve fim neste domingo (10). O tradicional evento da cidade do Triângulo Mineiro foi considerado sucesso de público e de crítica e destacou o norte-americano Ian Blythe como o grande campeão. A prova reuniu as feras do Campeonato Brasileiro Borilli de Enduro FIM, do qual foi válida como a segunda etapa, e ainda somou valiosos pontos para o Mineiro e a Copa Cerrado da modalidade. 

O público compareceu em peso durante todo o final de semana no estacionamento do supermercado Bernardão, base do evento e palco do Extreme Teste de 1,5 quilômetro. O percurso da prova teve 40 quilômetros de desafios, incluindo ainda Cross Teste de 6 km no Recanto da Serra e Enduro Teste de 4,5 km por trilhas da região, e em cada dia os pilotos completaram três voltas no circuito. Os fãs ainda tiveram diversão garantida no Super Prime promocional, com disputas eletrizantes em formato “mata-mata” entre os pilotos e vitória de Bruno Crivillin. O capixaba venceu Blythe pela diferença mínima e levou os fãs ao delírio.

“Voltamos com força máxima ao calendário nacional de Enduro FIM após a ausência de 2015. Os objetivos foram não só atingidos como superados”, comemorou Maurício Brandão, diretor de prova e presidente do Motoclube do Cerrado, responsável pelo Enduro FIM de Patrocínio. Para ele, além dos elogios dos competidores e do reconhecimento dos moradores da região, outro ponto positivo foi o contato entre os pilotos profissionais e os que estão começando no esporte.

“Tivemos grande diversidade de competidores, já que o evento sediou o Brasileiro, o campeonato estadual e a copa regional, os três patrocinados pela Borilli. A integração entre eles foi muito interessante e tenho certeza de que o esporte irá colher frutos da iniciativa.” A organização criou percursos distintos, levando em conta o nível técnico dos pilotos, para adequar as expectativas de todos.

“Foi uma decisão muito acertada e não tivemos problemas para garantir a integridade física dos pilotos, mesmo com o grau de dificuldade ainda mais alto por conta do calor desgastante. Já estamos de olho na edição de 2017, queremos nos superar ainda mais e os parceiros do evento também estão comprometidos com esse sucesso”, revelou Brandão.

Os destaques – Grande campeão do Enduro FIM de Patrocínio e atual líder do Brasileiro, Ian Blythe ficou satisfeito com o desempenho. “Foi uma prova muito bacana, difícil e divertida, os espectadores se esforçaram para acompanhar os pilotos no percurso e nos incentivaram o tempo todo. Fiz um bom trabalho e espero voltar no ano que vem”, comentou o norte-americano, que defende o título nacional de Enduro FIM.

Em segundo lugar na tabela, o capixaba Bruno Crivillin foi o brasileiro mais rápido da prova. “Consegui imprimir um ritmo ainda mais veloz neste domingo e o objetivo da equipe Orange KTM foi 100% atingido, já que eu e o Blythe conquistamos dobradinha na tabela. Foi uma prova muito dura, cheia de pedras, o que testou ao extremo os pilotos e seus equipamentos”, analisou.

O gaúcho Gustavo Pellin, da equipe Sacramento Racing, foi outro destaque em terceiro lugar. “A prova foi bem organizada e teve ótimas especiais. Sofri com o calor no primeiro dia, mas hoje me hidratei melhor e consegui andar mais solto. A diferença entre os pilotos foi pequena e mostra que há muito mais por vir no Campeonato Brasileiro”, comentou.

O evento contou com a presença do multicampeão Felipe Zanol, que é chefe de equipe da Zanol Team. “Foi uma prova espetacular e muito bem organizada, não há outra disputa com esse nível no calendário nacional. O evento me fez lembrar a época que eu corria o Campeonato Mundial, em 2008 e 2009”, comparou o ex-piloto.

O melhor piloto da região foi Vitor Borges, de Patrocínio, que andou no ritmo do grupo de elite. Além de vencer a E4, ele ficou em 14º na classificação geral da prova. “É fantástico ter o Enduro de Patrocínio de volta e ainda conquistar este resultado. O evento é referência na região e todos estavam ansiosos para que voltasse ao calendário. Eu não planejava competir em alto rendimento esse ano, mas agora fiquei com expectativas”, contou o piloto, que em 2014 foi campeão nacional da categoria Estreante (hoje as classes de entrada são a Light e a Júnior).

Resultado oficial – Enduro FIM de Patrocínio 2016
Classificação geral (acumulada após dois dias de prova)
1 – Ian Blythe (50 pontos)
2 – Bruno Crivillin (44)
3 – Gustavo Pellin (40)
4 – Rômulo Bottrel (34)
5 – Vinícius Calafati (34)
6 – Júlio César Ferreira (28)
7 - Ronald Santi (26)
8 – Nielsen Bueno (26)
9 – Bruno Martins (24)
10 – Vinícius Luis Lopes da Silva (22)

Para conferir os resultados do dia por categoria, clique aqui. 

O Enduro FIM de Patrocínio 2016 é patrocinado por Supermercado Bernardão, Cafeteria Dulcerrado, Prefeitura de Patrocínio, Agrosolos, Restaurante Jamaica, Bonsai Sushi Bar, Madeireira Madsul, Ouro Cerrado Palace Hotel, Minas Hotel, SOS Lar, Hospital Med Center, Água Mineral Ingá, Moto Center Reis, Alemão Motopeças, R1 Motos e Motores, Cafeeira Porta do Céu, MC Miaki, Agrocoffee Armazéns Gerais, Volcafe, Stockler Comercial e Exportadora, Kava Assessoria em Mercado de Café, Spasso Armazéns Gerais, FG Corretagem, Clube da Trilha, Gráfica Real, Gráfica A3, Montar Serralheria e Despachante Brasil.

O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2016 tem patrocínio de Borilli Pneus e apoio de Tokens Motocicletas, MRPRO Braces, ASW, Sacramento Motorsports, Orange BH e Edgers.


Enduro FIM de Patrocínio conquista licenciamento ambiental
Crédito: Janjão Santiago/Mundo Press

Motoclube do Cerrado, organizador do Enduro FIM de Patrocínio, entrega doação ao asilo Recanto São Vicente
Crédito: Divulgação